Portugal
 


*For Illustration Purpose Only

A União Europeia anunciou em 2009 a introdução da regulamentação sobre etiquetagem de pneus, relacionada com a informação acerca da eficiência energética e consumo de combustível, comportamento em piso molhado e ruído de rolamento exterior. (Regulamentação 1222/2009, com as alterações EC/228/2011 e EC/1235/2011)

O objectivo principal é o incremento da segurança, eficiência económica e sustentabilidade ambiental  do transporte rodoviário na Europa. A etiquetagem permitirá ao utilizador estar mais informado acerca das diversas opções na compra de pneus.

A regulamentação afecta as seguintes categorias de pneus:
C1,(ligeiros de passageiros) , C2 (Comerciais ligeiros) and C3 (Camião e autocarro)

Esta regulamentação produz efeitos desde 1 de Novembro de 2012, data a partir da qual os pneus de categorias C1, C2 e C3 deverão possuir a nova etiqueta informativa visível nos pontos de venda.

Para os pneus destinados a veículos ligeiros de passageiros ou comerciais, a informação estará disponível numa etiqueta colada no próprio pneu, podendo no caso da categoria C3 a etiqueta não ser colada.

Paralelamente, a informação da etiqueta deverá constar em toda a literatura técnica e profissional, como por exemplo em catálogos, brochuras ou em websites.

Alguns pneus estão dispensados desta regulamentação, a saber:
 Pneus desenhados para colocação em viaturas registadas pela primeira vez em data anterior a 1/10/1990;
Pneus cujo diâmetro nominal da jante não exceda 254mm ou superior a 635mm;
 Pneus desenhados exclusivamente para utilização em veículos de competição;
Pneus concebidos com propriedades que permitam capacidades de tracção excepcionais como, por exemplo, pneus de neve;
Pneus para uso temporário como, por exemplo, pneus de emergência;
Pneus off-road profissionais (OTR);
Pneus cujo índice de velocidade seja inferior a 80 kms/h;
Pneus recauchutados;
QUAIS AS INFORMAÇÕES CONSTANTES NA ETIQUETA?

A etiqueta contém 3 critérios de avaliação:

Consumo de combustível
Aderência em piso molhado
Ruído exterior produzido no contacto com a estrada

Para os dois primeiros critérios, o desempenho encontra-se expresso em 7 classes, desde “A” (mais eficiente) a “G” (menos eficiente). Para o ruído, a medida presente na etiqueta é expressa por 3 ondas sonoras (uma onda é a menos ruidosa e as 3 ondas produzirão mais ruído tendo em conta as futuras normas europeias que entrarão em vigor em 2016), constando também o valor obtido em decibéis.

FUEL EFFICIENCY

O consumo de combustível é influenciado pela resistência do pneu ao rolamento causada pela deformação provocada pela rotação, resultando em perdas energéticas produzidas em forma de calor. Quanto maior for a deformação, maior será a resistência dos pneus ao rolamento e, consequentemente, o combustível necessário para mover o veículo será superior. Por outras palavras, uma menor resistência ao rolamento significa um menor consumo de combustível e, consequentemente, menores emissões poluentes, incluíndo CO2.

A nova etiqueta mostra diferentes graus de resistência ao rolamento, onde “A” é o mais eficiente e o “G” o menos eficientes na classe de consumo de combustível. A seta mais escura, neste caso “A”, indica o nível de performance do pneu. Os consumidores deverão ter em conta que o consumo de combustível e o nível de segurança depende essencialmente da sua condução, devendo tomar em consideração que uma condução moderada e económica reduz o nível de consumo de combustível, bem como a adequada pressão de ar do pneu (a qual deverá ser verificada regularmente).

WET GRIP

A característica mais importante do pneu é promover a segurança sob todas as condições climatéricas. A tracção em piso molhado é uma das mais importantes características em termos de performance de qualquer pneu.

Torna-se fundamental que a combinação entre ruído e consumo de combustível seja conjugada com um bom comportamento em piso molhado. A etiquetagem permitirá aos clientes definir as suas prioridades atendendo às características que considerem mais relevantes.

A etiqueta mostra uma gama com 7 níveis, em que o “A” representa o melhor nível de aderência em piso molhado e o “G” o nível mais baixo.

EXTERIOR TYRE NOISE

O nível de ruído exterior encontra-se mencionado em 3 categorias, sendo medido em decibéis (dB) e comparando a performance do pneus com o futuro regulamento europeu sobre ruído exterior de pneus, cujos níveis máximos entrarão em vigor em 2016.

1 onda sonora = 3dB inferior ao futuro limite europeu.
2 ondas sonoras = cumpre com futuro limite europeu.
3 ondas sonoras = cumpre apenas com o limite europeu actual

A GT Radial dá as boas-vindas ao novo sistema de etiquetagem, estando convicta que guiará os nossos clientes a adquirir pneus mais seguros, silenciosos e com menor consumo de combustível. O nosso departamento de I+D dedicou-se afincadamente no desenvolvimento de pneus com a maior segurança e compromisso ambiental, estando convictos que os mesmos irão satisfazer os nossos clientes.

 
EU COMMISSION WEBSITE




© 2014 GT RADIAL   |    GT Radial Worldwide